Atendimento ao Cliente
71 3338.8555

DR. LEME RESPONDE

Dr. Leme Responde - Queimaduras: o que fazer?

As principais causas são água e alimentos quentes, álcool, gasolina, gás de cozinha, fios e tomadas elétricas, explosões, soda cáustica, ácido muriático, fogos de artifício, água-viva, caravela, entre outros.
 
Existem 3 tipos de queimadura:
  • De Primeiro Grau: Atinge uma camada superficial. A pele fica avermelhada e dolorida, mas não se formam bolhas. Acaba sarando sozinha.
  • De Segundo Grau: É um pouco mais profunda. A área incha, fica dolorida e avermelhada. A pele se desprende ou se formam bolhas.
  • De Terceiro Grau: Afeta todas as camadas da pele e estruturas abaixo. A região queimada fica carbonizada. Dói menos que as outras, porque os nervos também são destruídos.
 
O que fazer:
  • Lavar a ferida com bastante água fria (não gelada e nem aplicar gelo), para deter a queimadura, por um período de aproximadamente 10 minutos;
  • Enrolar o local com um pano seco e limpo.
  • Retirar anéis e pulseiras, pois o corpo incha naturalmente após uma queimadura e esses objetos podem ficar presos.
  • Solicitar a ajuda de um médico ou encaminhar o acidentado ao serviço de emergência mais próximo.
 
O que não fazer:
  • Nunca coloque sobre a área queimada substâncias caseiras como leite, manteiga, café, óleo de comida, cebola, clara de ovo, creme dental, etc.; Passar qualquer coisa aumenta o risco de infecção por bactérias, já que a pele fica mais vulnerável.
  • Nunca aplique pomadas sobre a área queimada sem orientação médica; 
  • No caso em que a roupa queimada esteja presa à pele não deve ser removida, pois pode piorar a ferida;
  • Se aparecerem bolhas, não devem ser furadas;
  • Não toque e nem sopre a ferida;
  • Não tente tratar o paciente sem ter o conhecimento médico científico necessário para a cura da lesão.
 
Lembre-se que os acidentes podem ser evitados, mas, se acontecerem, a melhor arma é estar bem informado e saber como agir para controlar a situação da melhor forma possível.