Atendimento ao Cliente
71 3338.8555

DR. LEME RESPONDE

Zika Vírus x Guillain-Barré: existe uma relação?

A síndrome de Guillain-Barré é uma doença neurológica caracterizada por fraqueza progressiva nas pernas, acompanhada de paralisia muscular. Em geral, a doença evolui rapidamente, atinge o ponto máximo de gravidade por volta da segunda ou terceira semana e regride devagar.

Não se conhece a causa específica da síndrome. No entanto, na maioria dos casos, duas ou três semanas antes, os portadores da síndrome manifestaram uma doença aguda provocada por vírus ou bactérias.  Cirurgias, traumas, gravidez, linfomas, gastrenterite aguda e infecção das vias respiratórias altas também podem ser considerados outras causas possíveis. A hipótese é que essa infecção aciona o sistema de defesa do organismo para produzir anticorpos contra os micro-organismos invasores. No entanto, a resposta imunológica é mais intensa do que seria necessário e, além do agente infeccioso, ataca também os nervos periféricos.

Na Bahia, até o momento, foram contabilizadas 76 notificações da Síndrome de Guillain-Barré. Dos casos confirmados, 26 têm histórico de dengue, zika ou chikungunya.

Os pacientes com sintomas devem procurar o posto de saúde ou a UPA mais próxima. Caso a equipe médica detecte a síndrome, o paciente será encaminhado para o Hospital Couto Maia, centro de referência em infectologia na Bahia. O Couto Maia atende apenas casos encaminhados e regulados para a unidade.